Ex-professor de física abandona carreira para viver sonho de ser médico e passa em 1º lugar na UFPB

  • 12/02/2024
(Foto: Reprodução)
Ex-professor de física deixa as salas de aulas para viver sonho de ser médico e passa em primeiro lugar para medicina na UFPB. Matheus Targino, aprovado em primeiro lugar em medicina pela UFPB Matheus Targino/Arquivo Pessoal Um jovem professor de física abriu mão de frequentar a sala de aula como professor para se dedicar aos estudos para o Enem e perseguir o sonho de ser médico. Com uma média de 920,26 pontos, ele conseguiu ser aprovado em 1º lugar em medicina, o curso dos sonhos, na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Matheus Targino, jovem paraibano de 21 anos, sempre foi apaixonado pela ciência. Foi esse amor que o levou a cursar física na faculdade e a ingressar na carreira de professor. No entanto, uma vozinha parecia sempre fazê-lo voltar a refletir sobre um desejo antigo que estava adormecido há muito tempo: a medicina. LEIA TAMBÉM: Estudante com autismo que passou em medicina na UFPB conciliou estudos e trabalho Filha de gari e vigia passa em medicina após estudar com livros doados “Desde muito pequeno eu sempre falava em medicina, mas era veterinária. Quando fui ficando mais adolescente, esse desejo se voltou mais para o cuidado de outras pessoas, porque sempre sonhei (e continuo sonhando) em me tornar um profissional humano que sempre vai buscar soluções baseadas em evidências que façam o paciente se sentir abraçado, compreendido, curado”, confidenciou Matheus, em entrevista. Ciente de que, para ser capaz de realizar o sonho de cursar medicina teria que abdicar de sua posição de educador, Matheus se despediu das salas de aula como professor no final de 2022 para voltar a estudar como aluno. O jovem, que começou a trabalhar ajudando os pais na empresa familiar administrada por eles, relata que não tinha uma hora fixa para estudar durante a semana, mas passava todo o tempo livre resolvendo questões, assistindo aulas virtualmente e imprimindo simulados para praticar. “Eu trabalhava de segunda a sábado, das 8h até as 17h, então eu não tinha tanto tempo para seguir um cronograma muito rígido durante a semana, sabe? Mas eu tive o privilégio de ter pais muito dedicados e muito companheiros, porque sempre que havia tempo livre na empresa, eles me apoiavam”, conta Matheus, com muita gratidão. Filha de gari e vigia passa em medicina após estudar com livros doados “Esse apoio que eles me deram (e continuam me dando) foi um fator muito importante pra mim, porque tudo que eu precisasse de material, de tempo, de recurso financeiro para ir fazer simulado presencial, sempre eles ‘chegaram juntos’, e é muito gratificante pra gente ver que o resultado veio”. Na hora de estudar, o processo era sempre o mesmo: resolução de questões, muito treino através de simulados e muita atenção na correção dos erros. “O resultado veio na base da constância, todo dia eu ia lá e praticava um pouquinho, fazia uma parte de um simulado, estudava um pedacinho de uma matéria, revisava um conteúdo, sabe? Não eram grandes horas por dia, mas eu fazia cada minutinho acontecer com eficiência”. 'Coma questões' Matheus também aproveita a oportunidade para dar dicas que ele considera indispensáveis para qualquer um que esteja se preparando para realizar o Enem com o objetivo de ingressar em uma universidade pública. “Façam muitas questões. O Enem é uma prova exaustiva, mas ela tem um modelo bem específico. Quanto mais questões você fizer, mais perto da aprovação você estará. Eu brinco às vezes dizendo ‘faça questões, viva questões, coma questões, trabalhe questões’, porque, de fato, é essa prática excessiva que vai dar a destreza de fazer mais questões em menos tempo, além de facilitar a noção de quais são suas maiores dificuldades na prova!". O aprovado em primeiro lugar em medicina pela UFPB finaliza com mais uma dica que considera indispensável: "Tenha uma rede de apoio. Conviver com amigos, com colegas de estudo, com pessoas que torcem por você faz muita diferença na preparação para uma prova como o Enem”. Vídeos mais assistidos da Paraíba

FONTE: https://g1.globo.com/pb/paraiba/la-vem-o-enem/2023/noticia/2024/02/12/ex-professor-de-fisica-abandona-carreira-para-viver-sonho-de-ser-medico-e-passa-em-1o-lugar-na-ufpb.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Anunciantes